105 anos do América de Natal

julho 14, 2020


O América Futebol Clube completa 105 anos neste 14 de julho. Uma data especial para celebrar as inúmeras glórias do Alvirrubro da Rodrigues Alves. 

Li muitas mensagens de torcedores e textos jornalísticos sobre o aniversário do Mecão.  Escolhi dois para replicar aqui no Blog como forma de homenagem ao clube e sua imensa torcida. 

Nada melhor do que começar com a voz das arquibancadas. A vibração do torcedor americano empurrou o time para grandes conquistas. Confira o belo texto do torcedor José Filho, membro da torcida Portão 5:

"É domingo. O frio na barriga, a tensão e a ansiedade. É dia de botar a camisa no peito, sair de casa cedo. É dia de reencontrar os amigos no viaduto, abrir aquela cerveja e estar feliz por ser américa. O que nos une? Somos todos diferentes, temos sonhos, planos e vidas difentes. Mas estamos ali, somos todos iguais, somos américa.

O que nos une é o amor (nada mais une que o amor), o nosso amor mais antigo. E por falar em amor tivemos vários durante a vida e só um não largamos nunca. O que pode ser mais forte que o amor de um torcedor? Eles nunca vão entender o que é nossa paixão. Paixão de botar uma faixa na bolsa e viajar só pra ver o américa em campo, paixão de cantar alto, sem voz, quando a única coisa que resta no time é nossa paixão.

O que nos une é aquele gol de max, a cabeçada de alisson e a voadora de Boaventura. O que nos une é as arrancadas de Paulinho Marília, os 3x1 contra o vitória e a inauguração do módulo Fabinho. É as lembranças de Goianinha, os dribles do eterno rei e ouvir a voz de Hélio câmara agradendo a Deus pela justiça divina.

Esse amor inexplicável é o que nos une, a paixão que vem de berço e a alegria de ser América. E sempre seremos América. Esse amor nunca vai terminar, e não importa o que digam, sempre estarei contigo. 105 anos nos unindo e conquistando o coração do povo."

O segundo texto é mais histórico e com lembranças desses 105 anos. O autor é o repórter esportivo Kevin Muniz (Rádio Universitária FM). O texto foi publicado no perfil @protofutebol no Instagram: 

"Eu sou América e tenho orgulho de ser". O trecho do hino americano que exprime todo o orgulho de ser alvirrubro, hoje, soa ainda mais forte, pois o clube da Rodrigues Alves completa 105 anos de história e de glórias conquistadas com muita emoção. 

Fundado em 14 de julho de 1915, o América Futebol Clube de Natal (RN) nasceu da reunião e colaboração de um grupo composto por 38 pessoas entre jovens estudantes, comerciários e funcionários públicos. A data escolhida foi em memória à Revolução Francesa e, tal qual como o evento histórico, "Liberdade, Igualdade e Fraternidade" são os ideais que norteiam o clube. 

Inicialmente, as cores escolhidas foram azul e branco, para distinguir SC Natalense, clube que fazia sucesso no início do século passado, na capital potiguar. No entanto, com a personificação jurídica em 1918, o clube assumiu o vermelho e branco. 

O Alvirrubro foi o primeiro campeão potiguar, em 1919. Nos anos 1970, iniciou a maior série de vitórias no Campeonato Estadual ao conquistar o tetracampeonato entre 79 e 82. Neste período, viveu dois anos sem perder para nenhuma equipe do Rio Grande do Norte. 

Nos anos 1990, voltou a ser protagonista no cenário nacional. Em 1996, o Mecão ficou com o vice da Série B, fato que o credenciou para retornar à Série A depois de 13 anos. 
Já em 98, o clube conquistou o maior título da história: a Copa do Nordeste, sendo o único do Estado a vencer a competição.

Outro triunfo do clube foi o título estadual de 2015, ano em que completou 100 anos, o América decidiu o Potiguar, no chamado “Título do Centenário”, justamente contra seu maior rival, o ABC, que também atingia a emblemática marca de fundação naquele ano. 

Atualmente, o América de Natal amarga o quarto ano consecutivo na Série D do futebol brasileiro, mas se espelha em suas glórias do passado para obter êxitos em 2020."

Parabéns, América! Parabéns, torcedor do Mecão!

You Might Also Like

0 comentários

Popular Posts

INSTAGRAM

TWITTER

//]]>